Dez dias após publicar um novo logotipo em seu website, a Gap já eliminou quaisquer vestígios da marca. O “sumiço” do logo aconteceu da mesma forma que a sua aparição: sem alarde e sem explicações na página oficial da Internet.

A gigante do setor de vestuário americano resolveu voltar atrás em sua mudança após uma onda de reclamações de consumidores da marca ter inundado a internet. Frustrados com o novo logo, os fãs da Gap detonaram suas formas e cores pelo Twitter, páginas do Facebook e fóruns de opinião.

Na segunda-feira 11, a presidente da companhia que detém a marca, Marka Hansen, divulgou um comunicado no qual prometia voltar ao logotipo antigo, reconhecendo como um erro a mudança sem uma consulta prévia aos consumidores. O comunicado foi feito também no perfil da grife no Facebook.

“Talvez chegue o dia de nossa logomarca evoluir, mas, se e quando este dia chegar, conduziremos as transformações de uma maneira mais correta”, afirmou Marka.

Inicialmente, após as primeiras reclamações de consumidores, a Gap reafirmou sua confiança no novo logo, informando que a marca estaria presente nas lojas e anúncios publicitários da empresa a partir de novembro. O crescimento da insatisfação, porém, fez com que a companhia revisse seus planos.

Fonte: Meio&Mensagem